LUGAR DE MÚSICA E CULTURA

PLACE OF MUSIC AND CULTURE

.

Inaugurado em 30 de Junho de 1793 pelo então Príncipe regente D. João, o Teatro Nacional de São Carlos (TNSC) mantém-se até à actualidade como o único teatro no país vocacionado para a produção e apresentação de ópera e de música coral e sinfónica.

.

.

.

.

.

.

.

Ao longo de mais de dois séculos, o TNSC tornou-se uma figura incontornável da cena artística e cultural portuguesa, que sempre se distinguiu pela produção de grandes obras, mas também pelos factos históricos e os episódios sociais que pontuaram a sua existência.
Afirma-se ainda, no coração do Chiado, pelo seu edifício de características neoclássicas, de inspiração setecentista e italiana que sobressai pela sua beleza arquitectónica, abrigando no seu interior espaços de rara imponência. Em 1928 foi-lhe atribuída a classificação de imóvel de interesse público e, em 1996, foi considerado Monumento Nacional.
Ainda que preservando a sua dimensão histórica, o São Carlos assume-se hoje como um organismo vivo de música e cultura, com uma programação diversificada, capaz de responder aos mais exigentes melómanos, mas também de cativar os espectadores menos frequentes.

.

.

.

.

.

O Millennium Festival ao Largo está de volta ao Largo S. Carlos

de 9 a 28 de Julho

Além da programação regular que leva à cena grandes criações ou apresentações mais intimistas, desde 2009 o São Carlos abre-se ao exterior com a realização do Festival ao Largo. Um evento que decorre no final de cada temporada no Largo de São Carlos com espectáculos de acesso gratuito que, durante cerca de um mês, convidam lisboetas e visitantes da cidade a celebrar a música e as artes performativas.

.

Programação completa e regras de acesso em https://www.festivalaolargo.pt/

.

.

.

.

.

.

A aproximação do Teatro com a comunidade faz-se também através da conservação e divulgação do seu legado histórico e artístico, tornando-o um lugar vivo e dinâmico. É esta a função do Centro Histórico, que guarda a memória das óperas e a difunde em várias iniciativas abertas ao público, e do Projecto Pedagógico, que realiza visitas guiadas ao edifício, além de outras actividades lúdicas e pedagógicas.

O reconhecimento público do Teatro deve-se igualmente aos seus agrupamentos artísticos residentes: o Coro, criado em 1943 e que continua a ser a única estrutura coral profissional em Portugal; e a Orquestra Sinfónica Portuguesa, cuja fundação remonta a 1993.

.Programação e notícias: https://tnsc.pt/

.

.

Artigos à venda Items available na/at Loja das Meias
© Companhia das Cores